Você já tem uma boa presença digital, mas não consegue monetizar essa audiência? Já pensou em abrir uma loja virtual? Ela vai ajudar a melhorar os resultados das suas páginas e aumentar o engajamento com a audiência – e funciona todos os dias e horários.

Abrir uma loja virtual é uma ideia muito boa, mas precisa ser executada com cuidado. Antes de adquirir qualquer produto, o consumidor tem o hábito de pesquisar e analisar a melhor opção, e para que você tenha chance nesse mercado é indispensável que faça tudo certo.

Este artigo vai mostrar o que você deve pensar antes de montar a loja virtual e quais ações são necessárias para efetivar a abertura e o sucesso do empreendimento. Venha conferir!

1. Faça um planejamento

O planejamento é a etapa mais importante na hora de montar a sua loja virtual. Como o mercado virtual está crescendo muito, não há mais espaço para amadorismo e, muito menos, para improviso. Por meio do planejamento será possível analisar as melhores oportunidades do mercado, identificar seus riscos e o investimento necessário para montar a sua loja virtual.

Pontos importantes:

  • qual produto você vai oferecer no mercado;
  • quais os seus diferenciais;
  • quem é o seu público-alvo;
  • quem é a sua concorrência;
  • quanto você destinará para as estratégias de marketing;
  • quais os seus objetivos;
  • qual o seu investimento total.

2. Verifique as formas de pagamento e segurança

Segurança não é opcional: ou você tem, ou você está fora do jogo. Sua loja virtual precisa garantir que os pagamentos serão efetuados e que a segurança dos dados fornecidos pelos seus clientes não está em risco.

As maneiras de receber os pagamentos on-line são:

  • intermediadores de pagamentos: serão responsáveis pelas transações financeiras, disponibilizam a opção de adiantamento dos recebíveis e assumem o risco de fraude. Em troca, podem cobrar uma taxa sobre cada transação, além de uma porcentagem sobre o valor da venda;
  • gateways de pagamento: costumam cobrar apenas uma taxa sobre cada transação, porém é preciso contratar outros serviços, como o antifraude;
  • integração direta com o adquirente: é possível negociar as taxas diretamente com as operadoras de cartão de crédito, embora para implementá-lo seja preciso ter mais conhecimento sobre desenvolvimento e segurança.

3. Invista em marketing digital

O marketing digital é uma ferramenta que vai ajudar a destacar a sua loja virtual em meio à concorrência. Por meio dele, você poderá segmentar o seu público-alvo e, então, divulgar os seus produtos para quem realmente tem interesse em adquiri-los.

Os meios de divulgação mais comuns são: posts de conteúdo, redes sociais, Google AdWords e e-mail marketing.

4. Cuide das finanças da sua loja virtual

Um dos maiores problemas dos empresários, inclusive os mais experientes, é não saber separar as finanças pessoais das empresariais.

Fazer retiradas esporádicas do caixa, prejudica — e muito! — o seu controle financeiro. Sem contar que é bem possível perder o controle das contas a pagar tendo que arcar com o pagamento de juros desnecessários. Separe o profissional do pessoal!

5. Escolha a plataforma ideal

Se você já possui um estoque de produtos, pode buscar uma loja virtual de pequeno porte e buscar o seu lugar no mercado.

Agora, se você precisa de ajuda com produção e logística, já existem plataformas online que cedem o espaço para loja virtual, produzem tudo que você vender e entregam para os clientes. No caso de uma loja virtual de camisetas, por exemplo, você pode usar este tipo de plataforma para criar lojas e mockups dos produtos (imagens digitais que imitam produto real) e colocá-los à venda – tudo isso antes de investir. Se vender, a própria plataforma produz, entrega, atende os clientes, tudo. Caso contrário, você não vai gastar nada. É um jeito mais seguro de começar o seu negócio e ainda ter a ajuda de especialistas do setor.

 

Conseguir ganhar presença digital não é uma tarefa tão simples, mas ao montar a sua loja virtual, você aumenta as chances de monetizar a sua audiência e ter um bom retorno financeiro com a venda dos seus produtos. Basta seguir o caminho que apresentamos e garantir o sucesso do seu negócio.

Agora que você já conhece o passo a passo para montar o seu e-commerce, veja como você pode começar a sua loja virtual: entre em contato conosco!