O e-mail é uma das principais ferramentas para o sucesso da estratégia de marketing digital – com grande alcance e baixo custo, garante a eficiência da ação e um retorno interessante para o negócio. Mas como fazer e-mail marketing?

As mensagens eletrônicas são excelentes ferramentas para criar e trabalhar o relacionamento com os clientes. Com elas, é possível promover conteúdo, divulgar materiais ricos — como e-books e infográficos —, ofertar produtos e serviços, informar eventos, enviar newsletters, entre outras ações.

É necessário ficar atento às práticas mais eficientes, que garantam o sucesso da sua estratégia. Neste artigo separamos algumas dicas de como fazer e-mail marketing.

Não deixe de conferir os próximos parágrafos.

1. Construa uma base de contatos

Uma lista de e-mail bem construída é um patrimônio importante para qualquer empresa. Afinal, quem não quer ter o contato de pessoas que estão dispostas a se relacionar com o seu negócio e receber as suas mensagens?

Entretanto, para construir essa base de contatos é necessário empenho. Algumas práticas ajudam a captar e-mails, como landing pages oferecendo materiais ricos e formulários de inscrição para newsletter no site ou blog.

Dentro desse trabalho, o que não pode acontecer é comprar uma lista de e-mail pronta. As pessoas não gostam de receber mensagens não autorizadas e, quando isso acontece tendem a marcar o remetente como spam – ninguém quer as suas mensagens indo direto para a lixeira.

2. Fique atento ao nome do remetente

As pessoas preferem se conectar com pessoas. Por isso esqueça os nomes de remetentes que utilizem, por exemplo, a palavra “contato”. Prefira sempre usar um remetente real, como o nome da pessoa responsável por disparar aquela mensagem.

Esse processo garante um tom personalizado no relacionamento, um atendimento mais exclusivo e humaniza a empresa, mostrando que existem pessoas dispostas a se relacionar com seus clientes.

3. Defina o seu público

Em qualquer trabalho de marketing digital é preciso definir com qual público se comunicar. Pode ser tentador querer abordar todas as pessoas, mas nem todo mundo está interessado em receber os materiais ou ofertas disponibilizadas pela empresa.

Procure conhecer o público-alvo do seu negócio e segmente a sua base de contato conforme o interesse dele pelos conteúdos produzidos pela empresa. Esse procedimento ajuda a melhorar os resultados da campanha de e-mail marketing.

4. Escolha uma linguagem

Algumas empresas podem usar linguagem mais informal, como uma loja especializada em vendas de discos; outras, porém, exigem um tom mais formal, como um consultório médico. Dessa forma, é preciso definir uma linguagem para o seu negócio e mantê-la.

Conheça seu público e entenda qual a melhor forma de se comunicar com ele. Uma linguagem bem definida facilita o relacionamento e aproxima ainda mais os clientes do seu negócio.

5. Capriche no título

Ao abrir uma caixa de e-mail, a pessoa vê em destaque o remetente e o título do e-mail. É nesse momento que ela define o que vai ler ou não. Para que a sua mensagem não seja descartada é necessário caprichar no título.

Gaste tempo nesse processo e elabore uma chamada que faça com que as pessoas abram o seu e-mail. De maneira geral, é preciso ser chamativo, convincente e usar poucas palavras.

Gostou deste artigo sobre como fazer e-mail marketing? Deixe um comentário com as suas ideias e opiniões.